Cada Minuto

buscar

Bernardino

assine RSS

Postado em por Redação em BlogBernardino

Dilma critica uso de vídeo de Collor por tucano

É público e notório que tenho uma trajetória de vida um pouco diferente do senador Collor, afirma Dilma Rousseff

A lider na pesquisa para presidente da República, a ex-ministra,Dilma Rousseff  falou do apoio que recebe do ex-presidente e senador Fernando Collor  (PTB-AL), explorado pelo programa eleitoral de seu concorrente José Serra (PSDB). A petista atribuiu o apoio de Collor à sua candidatura a um "problema da liberdade democrática".

Com certo desconforto e um pouco constrangida, Dilma afirmou que sua história de vida é bem diferente da de Collor, que disputa o governo de Alagoas.

- Quero dizer que não tenho a mesma posição histórica do presidente Collor. Agora, se ele quiser apoiar a minha candidatura, é um problema da liberdade democrática. Tenho vários apoios lá (em Alagoas), inclusive do Ronaldo Lessa (candidato do PSB ao governo estadual).

Dilma classificou como um "mecanismo escuso" o uso de um vídeo de Collor, de apoio à petista, no programa tucano. Ela voltou a frisar a diferença entre os dois:

- É público e notório que tenho uma trajetória de vida um pouco diferente da Collor., disse Dilma, acrescentando, em Alagoas tem outro apoio, inclusive do pedetista Ronaldo Lessa.
 

No entanto, de forma reservada no comitê da Dilma em Brasilia, os petistas avaliam que além dos ataques à quebra de sigilo da Receita Federal, também a imagem de Collor pedindo voto em, Feira Grande, no agreste de Alagoas, causa desgate na campanha de Dilma.

Postado em por Redação em BlogBernardino

75% rejeitam os candidatos do tucano James Ribeiro

21% disseram que seguiram a sugestão do prefeito palmeirense

Uma enquete do sítio eletrônico da TRIBUNA DO SERTÃO, iniciada em 1º de agosto, revela o nível de insatisfação do internauta de Palmeira dos Índios com a gestão do atual prefeito tucano James Ribeiro.

A prova está na rejeição do internauta aos candidatos que são apoiados pelo chefe do executivo palmeirense. A pergunta do sítio eletrônico – que não possui caráter eleitoral nem possui fins científicos – apenas o de esclarecer o quanto anda o prestígio do prefeito de Palmeira dos Índios junto à comunidade do sítio eletrônico interroga ao internauta se votaria nos candidatos apoiados ou indicados pelo atual prefeito de Palmeira dos Índios James Ribeiro?Com 75%, a maioria dos internautas que frequenta o sitio eletrônico da TRIBUNA DO SERTÃO respondeu que não vota nos candidatos apoiados e indicados por James Ribeiro. 21% disseram que seguiriam a sugestão do prefeito palmeirense e apoiaria seus candidatos e apenas 4% responderam que não sabe

.Pelo que se vê, o prefeito James Ribeiro (PSDB)  declarou voto para os candidatos tucanos ao governo Teotonio Vilela Filho (PSDB) e para seu cunhado Edval Gaia Filho, candidato a reeleição na Assembleia Legislativa, além dos peemedebistas Renan Calheiros(PMDB para o Senado e Renan Filho para deputado federal,.

A enquete, se confirmada, deverá derrotar expressivamente os candidatos apoiados pelo atual prefeito que faz uma pífia gestão até o momento.O sentimento de grande parte da população é de decepção. Nas ruas, praças, bares, restaurantes e em todos os lugares da cidade onde se reúnem os cidadãos, entre uma conversa e outra que se apresenta, uma é para comentar sobre a pior gestão até hoje realizada na prefeitura de Palmeira dos Índios. Uma administração rejeitada pela população

. É o que se ouve em todos os recantos do município, da cidade à zona rural. Consegue superar até os piores e históricos desastres administrativos, que foram as famosas gestões que deixaram os servidores da prefeitura com mais de 22 meses de atraso na folha salarial. E tudo isso é gerado por um fator: a falta de credibilidade dos que compõe o comando da gestão municipal. Ninguém acredita mais nas promessas realizadas em favor do município, porque não são cumpridas. Fornecedores reclamam de atraso em seus pagamentos.

Na saúde, os PSF’s não funcionam e os pacientes têm que esperar dias e dias para conseguir um exame que é pago pelo governo federal para ser feito na hora. A educação está empacada, com um dos piores índices já vistos no país. A cultura - marca indelével da cidade, foi entregue ao descaso. Não existe um programa sequer que contribua para a melhoria dos fóruns de cultura e seus respectivos equipamentos.

Funcionários públicos entraram em greve ou paralisaram suas atividades por oito vezes em menos de dois anos. Tudo isso somado ao grave problema de falta da coleta de lixo na cidade que envergonha os munícipes e visitantes que passam pela cidade. Além disso, nesses 18 meses de gestão, a imprensa da capital já denunciou através de reportagens nos principais jornais, escândalos (ainda não comprovados) que deixa a população estupefata.

Aonde a cidade vai parar? Palmeira dos Índios suporta tamanho descaso? E você leitor da TRIBUNA DO SERTÃO votaria na continuação desse projeto que aí está, apoiando os candidatos do atual prefeito?
 

Postado em por Redação em BlogBernardino

Lula diz que Serra vai morrer afogado

Para o petista Lula a campanha está baixando o nível

O presidente Lula afirmou neste sábado (4) que é próprio da oposição morrer afogada. A declaração foi feita em Guarulhos, em comício do candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloízio Mercadante. Ele não citou o nome de José Serra (PSDB). “Próprio de quem não sabe nadar: cair na água e ficar se batendo até morrer afogado. É o que está acontecendo com o nosso adversário”, disse Lula.

As afirmações são uma resposta às acusações dos tucanos de que a campanha de Dilma é a responsável pelo acesso ilegal ao sigilo fiscal da filha de Serra, Verônica Alende Serra, e outros membros do PSDB.

Lula afirmou que a campanha está baixando o nível. E criticou Serra: “E possível fazer uma campanha num nível elevado. Ninguém precisa transformar a família em vítima”.

O presidente chegou a insinuar que a quebra de sigilo não aconteceu. “Cadê esse tal de sigilo que não apareceu agora? Cadê o vazamento?”, afirmou. “Mentira tem perna curta.”

Ontem, a Justiça confirmou que o contador Antônio Carlos Atella Ferreira era filiado ao PT, com uma procuração falsa, recebeu informações fiscais da filha do candidato tucano. Serra aproveitou a manteve o ataque aos petistas.

“Essa é mais uma prova do envolvimento político do crime que foi cometido contra minha família”, disse Serra em Joinville (SC). Hoje, Serra faz campanha também no Paraná.

Neste sábado, o diretório Nacional do PT divulgou nota em que afirma que Atella nunca foi membro do partido e nem mesmo atuou nas decisões partidárias. O motivo foi um erro de digitação em sua ficha de filiação, nunca corrigido pelo aspirante a petista. Diz a nota:

“Ele nunca participou de qualquer órgão de direção partidária, nem de qualquer evento, seminário, reunião ou atividade promovida pelo Diretório, não tendo nunca cumprido quaisquer obrigações estatutárias estabelecidas para os nossos filiados, nem mesmo sequer comparecido para votar em quaisquer dos nossos processos eleitorais internos.”

Onda vermelha

Em alta nas pesquisas, Dilma não participou do comício em São Paulo, como estava previsto. Segundo a rádio CBN, ela foi a Porto Alegre (RS) acompanhar a família.

Mesmo assim, a presença de Lula serviu como tentativa de aumentar a vantagem de Dilma sobre o candidato José Serra (PSDB) em São Paulo e, na disputa estadual, ajudar Mercadante (PT) a pelo menos ir ao segundo turno contra Geraldo Alckimin (PSDB). Os petistas tentam “agitar a onda vermelha”, nas palavras do ministro das Relações Institucionais Alexandre Padilha, e fazer a boa maré colar em Mercadante.


 

Postado em por Redação em BlogBernardino

Lessa destaca empresários de Arapiraca dos grupos Coringa e Unicompra

Entre os candidatos que foram com Lessa,a surpresa foi a presença da candidata a deputada federal Rosinha da Adefal

 O candidato da Frente Popular, Ronaldo Lessa (PDT), elogiou o espírito empreendedor dos empresários do Grupo Unicompra, que têm ajudado a colocar o município de Arapiraca em posição de destaque como uma das cidades que mais se desenvolve em Alagoas.Na manhã do sábado (4), acompanhado dos candidatos a senador Eduardo Bomfim (PCdoB) e a deputado estadual Ricardo Nezinho (PTdoB),e do prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa (PMDB), Ronaldo Lessa apresentou suas propostas de governo aos sócios do grupo, Edivaldo Barbosa e Jarbas Pessoa, e ao diretor de Marketing, Rusijânio Lúcio(Titio).

A candidata a deputada federal Rosinha da Adefal (PTdoB), o deputado Dudu Albuquerque (PSDC), a vereadora Graça Lisboa e o ex-prefeito de Arapiraca, José Barbosa de Oliveira, acompanharam a reunião.O diretor de Marketing, Rusijânio Lúcio (Titio), destacou o papel queo grupo desempenha e a importância da parceria entre o Estado e ainiciativa privada para alavancar o desenvolvimento econômico e socialda cidade. 

“O Unicompra, que atua na área de supermercados, possui 16 lojas espalhadas pelo Estado e emprega mais de 1400 pessoas. Agora está enveredando pelo setor imobiliário e anuncia para breve a inauguração de um conjunto de seis prédios de dezesseis andares cada”,disse.

“Arapiraca possui um modelo econômico privilegiado que vem crescendo a cada dia, e com ênfase na diversificação. Isso aumenta o poder de circulação de renda. Se hoje o setor alimentício atingiu índices positivos isso se deve à inclusão social trazida com o Bolsa-Famíliado governo Lula, que aumentou o poder de compra da população”, afirmou o prefeito Luciano Barbosa.

Lessa parabenizou o empreendedorismo do grupo empresarial “formado por filhos da terra, que investem no município e ajudam a cidade e a região a crescer. “São iniciativas como essa que trazem melhorias para o Estado; e o papel do governo é criar condições para que a iniciativa privada promova esse desenvolvimento”, disse.

.Enumerou algumas das ações adotadas em seu governo para atrair maisinvestimentos para Alagoas, a exemplo dos incentivos fiscais ecreditícios que beneficiaram mais de 200 empresas e a construção do Centro de Convenções e do Aeroporto Zumbi dos Palmares. O Canal do Sertão, cujas obras foram iniciadas em seu governo, foi citado como mais um instrumento de fortalecimento da produção agrícola,principalmente a agricultura familiar.

Lembrou ainda a criação da Governadoria do Agreste, paradescentralizar as ações a aproximar o governo dos produtores,empresários e da população, e a identificação dos Arranjos ProdutivosLocais, que serviu para mapear as potencialidades de cada região.“Alinhando a política local ao modelo de gestão adotado pelo governoLula, Alagoas entrará de vez no trilho do desenvolvimento econômico.

É preciso investir na geração de renda no próprio município de acordo com sua capacidade produtiva”. Afirmou Ronaldo Lessa, e acrescentou:“Arapiraca está dentro do contexto do que entendemos como plano de governo. Impossível pensar nossa administração sem considerar omunicípio como o centro do processo de desenvolvimento do interior”.

Ainda em Arapiraca, Ronaldo Lessa, acompanhado dos candidatos a senador Eduardo Bomfim (PCdoB) e Renan Calheiros (PMDB), reuniu-se com o sócio-fundador do GrupoCoringa, empresário e ex-prefeito de Arapiraca José Alexandre, entre outras lideranças empresariais e políticas do município.
 

Postado em por Redação em BlogBernardino

Prefeita petista laranjou e pediu voto em Anadia para João Lyra

0 empresário caminhou em Maceió no Mercado da Produção com França Moura(PPS) e Jerferson Morais(DEM) que apoiam Téo para governador

A única prefeita do PT em Alagoas,Sânia Tereza de Anadia decidiu fazer o lançamento da candidatura a deputado federal do empresário do açúcar,João Lyra(PTB) na noite de sábado,onde contou ainda com as presenças do ex-presidente da Assembléia Legislativa, ex-deputado estadual Celso Luiz(PMN),do deputado estadual que disputa à reeleição Isnaldo Bulhões(PDT) e de lideranças da região.

João Lyra que é do PTB de Collor caminhou  com dois candidatos a deputado estadual que apoiam o tucano Teotonio Vilela e a noite,em Anadia estava com dois aliados do pedetista Lessa,o ex-deputado estadual Celso Luiz e o deputado estadual Isnaldo Bulhões. É bom lembrar que em amabas caminhada não se referiu em nenhum momento ao Collor.

Lyra fez uma caminhada pelas principais ruas de Anadia com a petista e depois seguiu para o povoadonTabocas. No retorno a principal praça da cidade, Lyra em comício,agradeceu e elogiou a administração da prefeita petista. "0 que eu vi aqui em Anadia hoje foi umpovo entusiasmado com a campanha e isso quer dizer que a prefeita Sânia tem feito um bom trabalho,por isso o povo está ao seu lado", finalizou João Lyra vestindo uma camisa laranja

Com os radialistas

 João Lyra  visitou, na manhã do sábado (4), o Mercado da Produção em Maceió. Acompanhado dos candidatos a deputado estadual Jeferson Morais (DEM) e França Moura (PPS). Lyra conversou com comerciantes, consumidores e trabalhadores autônomos, ouviu reivindicações e recebeu o apoio espontâneo da população por onde passou.

A caminhada durou quase três horas. Durante este período, João Lyra se comprometeu em levar as questões levantadas à Câmara Federal: “O povo daqui sabe que pode contar com o meu apoio e o meu mandato também será utilizado para beneficiar as pessoas que trabalham nesse tipo de negócio”, afirmou.

 

 

Postado em por Redação em BlogBernardino

Cícero Ferro volta atacar James em comício de Collor

Collor passou por Palmeira dos Indios e Igaci,mas no seu palanque estava o deputado Marcelo Victor,envolvido na compra de voto em Ibateguara

Faltando a partir de hoje 28 dias para a eleição, o candidato a governador pelo PTB,senador Collor,voltou a cidade de Palmeira dos Indios na ultima sexta feira,depois de passar em Igaci,sendo que, estava ausente o deputado estadual Marcelo Victor(PTB) envolvido no escândalo de compra de votos em Ibateguara

.Novamente em comício o deputado estadual Cicero Ferro(PMN) na praça das Cassuarinas,voltou atacar de forme virulenta o prefeito tucano James Ribeiro. E segundo informação do internauta a este blog,Marcelo Victor até fez discurso.

Collor chegou a Palmeira onde fez nova caminhada pelas principais ruas em companhia dos candidatos a federal:Joaquim Beltrão(PMDB) e Francisco Tenório(PMN),do prefeito de Igaci, Toinho Barbosa(PTB),do candidato derrotado por James,fazendeiro Petrúcio Barbosa, do candidato a senador Álvaro Vasconcelos e seu suplente,médico palmeirense,deputado estadual Fernando Duarte e dos vereadores;João Mendes(Maceió),Arnaldo do Detran e Jaime Farias(de Palmeira dos Indios).

Mais uma vez,o deputado estadual Cicero Ferro foi atacar o prefeito palmeirense, ratificando as denúncias do seu primeiro comício.Ferro disse que "James éjogador de baralho e adepto a rinha de briga de galos", atividades considerads de contravenção penal.

Ferro fez questão de ressaltar que o prefeito James não paga aos servidores em dia e tem débitos com o comércio palmeirense. 0 parlamentar apontou ainda que o prefeito palmeirense já quebrou com um ano de adminstração três postos de gasolinas e duas farmacias. " Pague ao povo prefeito caloteiro!",advertiu Ferro,acrescentando que "nao tenho mêdo de suas ameaças e se quiser me processar que abra um processo bem grande."
 

Postado em por Redação em BlogBernardino

Usina Seresta usa a palha da cana para gerar energia

A empresa alagoana foi a primeira de dez usinas em todo o Nordeste a utilizar o sistema de gerar energia

0 uso da palha da cana-de-açucar como matéria prima para gerar energia e a eficientização dos equipamentos resultaram num aumento de 18% na produção de megawatts(MW) - unidade que mede a energia - na Usina Seresta,no municiípio de Teotonio Vilela,neste Estado. A empresa foi a primeira de 10 em todo o Nordeste que deverão ter a sua produção de energia feita de forma mais eficiente num projeto da Areva Koblitz e o grupo gaúcho Hidrotérmica.

" A palha de cana era material que era queimado antes de cortar a cana-de-açucar.Para utilizá-la,a empresa mecanizou a colheita!, explica o diretor comercial da Areva Koblitz, Romero Rêgo.

Para aumentar a produção de energia,foi feito um investimento de R$ 125 milhões, bancadas pela Hidrotérmica que será a dona da térmica depois de 17 anos.Mesmo depois de assumir a térmica, a empresa gaúcha terá que fornecer a energia que a usina Seresta vai precisar para funcionar e vender o excedente para recuperar o investimento. A Areva/Koblitz participa do projeto porque fabrica os equipamentos usados para a produção de energia.

Na década de 70,as usinas surgiram com uma concepção perdulária,sendo concebidas para que não houvesse sobra do bagaço da cana-de-açúcar. Hoje,o bagaço tem muito valor, quando transformado em energia",conta Romero

A produção de açúcar e álcool sempre gerou energia com o gabaço da cana-de-açúcar, que é queimado nas caldeiras das empresas. Atualmente, a energia está com um preço em alta e se tornou mais uma atividade que gera uma boa receita para as usinas.
 

Postado em por Redação em BlogBernardino

Lessa diz agricultura familiar é prioridade de seu governo

A novidade nesse encontro foi a presença da candidata a federal Rosinha da Adefal(PT do B) que vive no arranca rabo com o deputado federal Mauricio Quintella(PR)

 “Acredito no seu governo e tenho a certeza de que você fará muito mais por Arapiraca e pelo Estado. A afirmação é do candidato a deputado estadual, Ricardo Nezinho (PTdoB), que acompanhou os candidatos majoritários da Frente Popular por Alagoas Ronaldo Lessa (PDT),Eduardo Bomfim (PCdoB) e Renan Calheiros (PMDB) na reunião com empresários e lideranças políticas do município, no sábado (4).

Nezinho destacou algumas ações do então governador, que muito contribuíram para a melhoria da qualidade de vida da população. “A Unidade de Emergência do Agreste foi construída há 6 anos, por Ronaldo Lessa e, desde então, muitas vidas foram poupadas. Foram mais de 250 mil atendimentos nesse período e apenas 450 mortes; a licitação para aduplicação da rodovia AL 210 foi feita em seu governo”, exemplificou.“Vejo aqui, nessa equipe, gestores que pensam de forma humana,empreendedora”, completou.

Além de conversar com empresários dos grupos Coringa e Unicompra,Ronaldo Lessa também falou para um público de mais de 200 trabalhadores rurais sobre suas propostas para alavancar o segmento edefendeu o investimento na agricultura familiar como prioridade. “O governo tem que fazer sua parte; dar condições para que os municípiosse desenvolvam e explorem cada vez mais suas potencialidades”.Lessa destacou o empenho do senador Renan Calheiros que, como presidente do Senado, lutou para garantir a governabilidade do presidente Lula e ajudou a trazer recursos para obras importantes paraAlagoas, como o Canal do Sertão, juntamente com o então ministro daIntegração Nacional, Luciano Barbosa (PMDB), atual prefeito de Arapiraca.

Lembrou a atuação irrepreensível de Eduardo Bomfim, que como o ‘Constituinte Nota 10’ votou todas as propostas em defesa dos trabalhadores. “Em vocês eu voto com orgulho, Renan e Bomfim”, disse.Dirigindo-se aos agricultores, Ronaldo Lessa reforçou o compromisso de alinhar a política estadual com o projeto do governo federal iniciadocom o presidente Lula e que terá continuidade com Dilma Rousseff.“Pela primeira vez, o país será governador sob o olhar, a sensibilidade de uma mulher. E isso faz toda a diferença”, disse.

“A economia alagoana está estagnada; é preciso investir na agricultura familiar e na diversificação da produção para contrapor com essemodelo que em nada contribui para o desenvolvimento do Estado. “Os grandes produtores investem lá fora, mas o pequeno agricultor não; ele investe na sua região, no seu município, movimentando a economia local e gerando renda”.

Ronaldo Lessa citou mais uma vez sua intenção de investir na construção de escolas profissionalizantes no interior de acordo com a demanda de mercado. “No litoral abriremos escolas voltadas para o turismo, como hotelaria; no interior teremos cursos nas áreas de piscicultura, apicultura. Tudo de acordo com as potencialidades decada localidade. Quando fui governador promovi a descentralização da merenda escolar e agora o agricultor pode vender sua produção no próprio município. Vamos ampliar para que ele venda não só para a Prefeitura, mas para o Estado também”.

Por fim, Lessa anunciou sua intenção de implantar uma unidade da Ceasa em Arapiraca para garantir a venda da produção agrícola na própria região e prometeu simplificar o processo de acesso dos pequenos agricultores ao crédito aos moldes do governo federal.O encontro, organizado pelo secretário municipal de Agricultura,Manoel Henrique; contou com a presença do superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Elizeu Rego; dos vereadores João dos Santos e Graça Lisboa, além da candidata a deputada federal,Rosinha da Adefal (PTdoB) e a deputado estadual Erivaldo Paulino (PT).

Postado em por Redação em BlogBernardino

Aumenta o número de investimentos e empregos no Polo Luiz Cavalcante

Após a revitalização feita pelo governo do Estado,em 2008 houve um crescimento significativo na economia local

Empresários que possuem indústrias no Polo Multissetorial Governador Luiz Cavalcante, no Tabuleiro dos Martins, citam que a economia está em pleno crescimento, ocorrendo a instalação de mais empresas e a geração de mais postos de trabalho.

Segundo o presidente da Associação dos Dirigentes das Empresas do Distrito Industrial (Adedi), Gilvan Leite, antes dessa revitalização havia 75 empresas, responsáveis pela geração de 3.500 empregos diretos, já em 2009 houve uma mudança de cenário: são 120 empresas e 4.500 empregos diretos.

“Após o anúncio das melhorias ocorreu uma grande valorização, e novos investidores começaram a fazer contatos. Esta obra surpreendeu toda a sociedade alagoana. Foi um compromisso assumido e um compromisso realizado", enfatiza o presidente da Adedi.

Nova fábrica

Exemplo desse novo momento no Polo Multissetorial é do empresário Wellington Veiga Pessoa, que já possui duas indústrias no local – Replast e Ultraplast – mas, está empenhado na construção de uma nova unidade industrial chamada de Ultraterm. Nesta segunda-feira (6), às 11h30, o secretário do Desenvolvimento Econômico, Energia e Logística, Luiz Otavio Gomes, visita as obras da nova fábrica e orientará quais os procedimentos para que o investimento receba apoio do governo de Alagoas.

A nova unidade fabricará produtos de EPS - sigla internacional que identifica o Poliestireno Expandido – que na verdade são tipos de ‘depósitos’ de alimentos, muito utilizados em supermercados para embalar carne e ovos, e em restaurantes para guardar hamburguer, ‘quentinha’.

O empresário destaca que no Brasil há hoje somente três fábricas desse produto, sendo duas em São Paulo e uma em Pernambuco, e Alagoas terá a quarta unidade.

O governo do Estado apoia a implantação de empreendimentos industriais como esse, concedendo incentivos por meio do Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado (Prodesin). O empresário explica que a implantação dessa unidade fabril é “irreversível” e que todos os documentos já estão prontos, pois na próxima semana dará entrada ao processo de abertura da empresa na Junta Comercial de Alagoas (Juceal) e na elaboração do projeto de solicitação de incentivos governamentais.

Há mais de 30 anos em Alagoas, o industrial pernambucano Wellington Veiga Pessoa iniciou sua trajetória no Estado de Alagoas na atividade industrial em Palmeira dos Índios, produzindo doces.

Porém, em 1984 fundou a Replast, indústria de sacos e sacolas de plástico, e em 1997 a segunda indústria: a Ultraplast, produzindo também sacolas, mas com o diferencial de impressão para atender supermercados e mercadinhos. Atualmente a Ultraplast incluiu a linha de produção de copos descartáveis que leva a marca Ultracopos.

Somente essas duas empresas - Replast e Ultraplast - geram 450 empregos diretos, mas, de acordo com o empresário, esse número aumentará para 550 no início de 2011, além da criação de mais 100 postos com a nova fábrica. “Desde quando comecei a produzir no Polo, enfrentei todo o tipo de crises e dificuldades, mas agora aquele lugar está recebendo atenção. O polo localizado em Marechal Deodoro vinha se arrastando por muitos anos, agora estamos vivendo outra realidade, muitas indústrias estão vindo, muita diversificação”, comentou Wellington Veiga Pessoa.


 

Postado em por Redação em BlogBernardino

Lessa dedica este sábado a Arapiraca

Lideranças comunitárias da parte alta de Maceió foram prestgiar a carreata de Lessa,Bomfim e Renan

Os candidatos majoritários da Frente Popular por Alagoas, Eduardo Bomfim (PCdoB), Ronaldo Lessa (PDT) e Renan Calheiros (PMDB), iniciaram a agenda deste fim de semana com uma grande carreata que percorreu sete bairros e povoados da Grande Maceió, onde foram recebidos com muito entusiasmo pela população.

A concentração teve início às 15h, em frente ao terminal de ônibus do Clima Bom. Depois de percorrer o bairro, a caravana seguiu para Rosane Collor, Osman Loureiro, Feirinha, Fernão Velho, ABC, e, finalmente, Rio Novo. Além de Bomfim, Ronaldo e Renan, participaram da carreata o candidato a deputado federal Jurandir Bóia (PDT) e lideranças comunitárias da parte alta de Maceió.

 

Segundo Eduardo Bomfim, candidato ao Senado, foi possível identificar problemas comuns à periferia de Maceió, que precisam ser resolvidos com parcerias entre o Governo do Estado, Municipal e Federal, como a falta de saneamento básico e planejamento urbano. “Precisamos manter um canal de negociação com os Ministérios, para que projetos como o PAC venham para Alagoas, e esse papel é do senador”, detalhou.

Hoje(sábado), os candidatos majoritários passam o dia em Arapiraca, onde se reunirão com grupos empresariais supermercado Unicompra(única rede de bandeira genuintamente alagoana) e Coringa e agricultores familiares.

Em Arapiraca,o carro chefe que empurra a Frente Popular é o prefeito Luciano Barbosa(PMDB) que promete fazer Lessa e Renan,os mais votados da história politica de Arapiraca,mesmo enfrentando o populismo da mulher, Célia Rocha,ex-prefeita que apoia Collor e a outra banda que sempre esteve unida com Celia e Luciano, que agora se dividiu para apoiar o tucano Teotonio Vilela,sempre foi bem votado nas duas eleições de senador: a primeira foi o mais votado e o Renan,o segundo mais votado e a outra, Renan foi o mais votado e Téo,o segundo mais votado.

Postado em por Redação em BlogBernardino

Eletrobras participa de reunião sobre reconstrução das cidades

As novas redes elétricas que serão construidas nos municípios atingidos pela enchentes são compactas e multiplexadas.

A Eletrobras Distribuição Alagoas participou da reunião do Comitê de Análise de Projetos Habitacionais, realizada na tarde da sexta-feira(dia3), onde foi aprovada a construção de 1.006 casas para São José da Laje, um dos municípios atingidos pelas cheias registradas em junho deste ano. A Eletrobras ficou responsável pela aprovação do projeto de eletrificação das áreas onde serão construídas as novas casas.

As novas redes que serão construídas nos municípios atingidos pelas enchentes são compactas e multiplexadas, com cabos protegidos, o que as tornam mais seguras, pois reduzem os acidentes com descargas elétricas e também ajudam a diminuir as interrupções de energia, por exemplo, por conta de árvores que atingem os fios.

Além do engenheiro eletricista Hugo Tabosa, da Eletrobras, participaram da reunião representantes da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), da Caixa Econômica Federal (CEF), do Instituto do Meio Ambiente (IMA), da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) e da prefeitura de São José da Laje.

Até agora, o Comitê de Análise de Projetos Habitacionais já aprovou a construção de 6.170 moradias. No próximo dia 9, entrará em pauta, a aprovação de 315 unidades habitacionais para o município de Joaquim Gomes. Os órgãos que integram o Comitê já receberam o projeto para análise. Os projetos de reconstrução dos municípios de Paulo Jacinto e União dos Palmares também estão prontos para serem aprovados.

BARRACAS - Durante a reunião, o engenheiro Hugo Tabosa ressaltou o trabalho que a Eletrobras Distribuição Alagoas vem realizando para eletrificar os acampamentos destinados aos desabrigados, enquanto as novas moradias estão sendo construídas. Ele lembrou que a responsabilidade da Eletrobras é levar energia aos pontos comuns das áreas onde estão as barracas.

“A parte da iluminação comunitária e instalações elétricas dentro das barracas são de responsabilidade das prefeituras”. Os projetos para eletrificação de acampamentos que o governo do Estado enviou a Eletrobras já foram todos cumpridos. Apenas ainda não foram eletrificados os acampamentos a serem instalados nos municípios de Jacuípe, Joaquim Gomes e Santana do Mundaú, por não terem as áreas definidas pelo governo, e de Jundiá. Este último, a Eletrobras só recebeu o projeto no dia 27 de agosto, mas a previsão é de que os trabalhos sejam concluídos até meados deste mês.

 


--
 

Postado em por Redação em BlogBernardino

No "Triângulo das Bermudas" de Alagoas, Collor já não reina mais

A familia Malta decidiu fica dividida e em cada cidade do triângulo tem um candidato a governador

Mata Grande, Canapi e Inhapi,que em 1986 ficou conhecido com o "Triângulo das Bermudas", onde o senador Collor reinou absoluto na eleição de 1986 vencendo a eleição de governador pelo PMDB o candidato pefelista Guilherme Palmeira e repetindo a dose em 1989,na eleição de presidente da República, quando foi eleito pelo partido desconhecido PRN, nesta eleição 2010 se encontra dividido entre os três principais candidato a governador.

Collor na época há 24 anos atrás,dominava a região juntamente com a familia Malta Brandão, devido o seu segundo casamento com Roseane, que terminou virando primeira dama do Estado e depois do Brasil.

Agora, o eleitorado anda dividido: por exemplo, Mata Grande o prefeito José Jaco Gomes Brandão(PP) vai apoiar a candidatura do tucano Teotonio Vilela. Em Canapi, terra da Roseane Collor, hoje filiada ao Partido Verde,o prefeito José Hermes(PTB) apoia o senador Fernando Collor,juntamente com o ex-deputado estadual César Malta e seu irmão,ex-prefeito de Mata Grande,José Jorge Amaral que assumiu uma diretoria da Chesf quando Collor era presidente da República.

E finalmente, Inhapi,onde o prefeito é Oberdan Tenório Brandão, irmão do ex-presidente da Assembléia Legislativa e ex-deputado estadual Celso Luiz vai apoiar o candidato do PDT,engenheiro Ronaldo Lessa.

Das três cidades do alto sertão de Alagoas, o maior colegio eleitoral ficou com o tucano Teotonio Vilela que é Mata Grande e assim, Collor não reina mais no "Triângulo das Bermudas".. E no próximo período legislativo da Assembléia Legislativa, essa região fica sem representante e inclusive a familia Brandão Malta que sempre estava com uma cadeira na casa de Tavares Bastos.Assim sendo, a familia desunida perdeu a liderança da região, agora dividida entre eles em cada cidade.
 

Postado em por Redação em BlogBernardino

Dia dos Evangélicos é comemorado hoje em Piaçabuçu

É o segundo ano em que a data é festejada no município do litoral sul de Alagoas,devido projeto do vereador Gelson da Paciência

A cidade de Piaçabuçu comemora neste sábado o Dia dos Evangélicos. A programação tem início pela manhã e se estenderá até a noite, com um culto de gratidão a Deus pela vida de cada família do município e ministração de louvores com as cantoras Niquésia Santos, de Garanhuns/PE, e Sarah Farias, de Maceió. É o segundo ano em que a data, instituída pelo projeto de lei 004/09, de autoria do vereador Gelson da Paciência, é festejada no município.
 

A comemoração tem início às 8 horas com uma passeata contra a pedofilia, aborto e drogas, concentração do Bairro Paciência com destino ao Bairro Brasília e Calçadão no Centro, que terá a participação dos alunos das escolas municipais e estadual da cidade. Às 9 horas, na Praça dos Correios, no Centro, será realizado um mutirão social e evangelístico, com corte de cabelo, verificação de pressão arterial, aplicação de flúor em crianças e adolescentes.
 

À tarde, a partir das 15 horas, será reservada para uma maratona dos Atletas de Cristo com percurso nas ruas da cidade. Na Praça dos Correios, às 19 horas, acontecerá o culto de gratidão a Deus, com a presença de várias autoridades, tendo à frente o vereador Gelson da Paciência e o prefeito Dalmo Santana Júnior, que não mediram esforços para a realização do evento.
 

A mensagem do culto será transmitida pelo pastor Josias Alves, com as cantoras Niquésia Santos e Sarah Farias ministrando o louvor. “Teremos ainda a participação da Banda Kerigma, da Igreja Batista Piaçabuçu”, informa o pastor Paulo, coordenador geral do evento.
 

A expectativa do pastor Paulo é que as bênçãos de 2009 serão repetidas neste sábado. “Na primeira comemoração, tivemos a presença de quase mil pessoas no evento, com 65 decisões, para a honra e glória do Senhor Jesus”, lembra o coordenador, convidando todo o povo evangélico e não-evangélico do município e cidades circunvizinhas para as festividades deste 4 de setembro.

 

Postado em por Redação em BlogBernardino

MPE ingressa com Ação Civil Pública em defesa dos cadeirantes

0Ministério vem requerer adequação da infraestrutura urbana de Maceió,priorizando alguns pontos da cidade, como a Orla da Ponta Verde e a Lagunar

Promotor de Justiça Flávio Gomes da Costa O Ministério Público Estadual ingressou com uma Ação Civil Pública, com pedido de tutela antecipada, na quarta-feira (1º), contra o município de Maceió. O MPE está saindo em defesa dos portadores de deficiência física e requerendo a adequação da infraestrutura urbana de Maceió, priorizando alguns pontos da cidade, como a orla da Ponta Verde e a orla lagunar.

No pedido de adequação é solicitado a colocação de pisos táteis direcionais e de alerta, nos terminais de ônibus, bem como a remoção de obstáculos, como desníveis de calçadas em lugares inadequados, impossibilitando a locomoção dos cadeirantes. Instalação de para-ciclos e bicicletários em vias arteriais e coletores com grandes tráfegos de veículos motorizados.

Outra exigência, da ACP, é a manutenção da largura do canteiro central da avenida Fernandes Lima, segundo a legislação em vigor. A implantação de mais rampas de acessibilidade, bem como a correção das que já estão danificadas nas ruas da capital. A ACP tem um mapa, feito em conjunto com a Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas (Adefal) apontando as áreas mais críticas de Maceió.

Para o promotor de Justiça Flávio Gomes da Costa, a legislação em vigor fixa prazo para vigência imediata para que a prefeitura faça a adequação necessária. “Estamos requerendo o que é por lei um direito garantido e não está sendo respeitado, os portadores de deficiência acabem encontrando muita dificuldade de locomoção em Maceió, seja na orla, nos pontos de ônibus, nas ruas e calçadas”, desabafou.

A ação se deve a várias denúncias promovidas pela Adefal e o Centro de Tecnologia da Universidade Federal de Alagoas (Cet/Ufal). Inclusive, antes da ACP, foi firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre as secretarias responsáveis pelas obras e políticas de adequação no município, mas nada foi cumprido.
 

Postado em por Redação em BlogBernardino

Semas cadastra novos beneficiários no Bolsa Família

Mais de 81 mil famílias estão sendo beneficiadas em Maceió, comemora secretário Francisco Araújo.

A coordenação estadual do Bolsa Família parabenizou os gestores do programa e do Cadastro Único (CadÚnico) em Maceió, pelo trabalho que está sendo realizado para cadastrar novas famílias. Segundo a coordenação estadual do programa, as folhas de pagamento disponibilizadas pela Caixa Econômica Federal (CEF) comprovam que o número de famílias beneficiadas vêm aumentando mensalmente, devido ao empenho dessas pessoas.

De acordo com os dados oficiais, em junho havia 76.132 famílias beneficiárias, em julho esse número aumentou para 77.869, já no mês de agosto, 81.798 famílias estão recebendo o benefício do programa. Segundo o secretário, Francisco Araújo, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) vem trabalhando continuamente e se empenhando para beneficiar as famílias que realmente precisam e têm direito de receber o Bolsa Família.

Mutirão

A Semas também vem realizando um mutirão para avançar com os números do Cadastro Único (Cadúnico), para que mais famílias maceioenses sejam beneficiadas pelos programas sociais federais.Para fazer o cadastro é necessário levar original e cópia de todos os documentos – carteira de identidade, CPF, título de eleitor, comprovantes de matrícula escolar e residencial e cartão de vacina, no caso de menores de sete anos.